sobre o cancro

Quais as causas do Cancro?

 

Todas as células do organismo humano possuem mecanismos de regulação da sua actividade, crescimento e diferenciação, os quais estão dependentes do seu material genético, que é passado de geração em geração: o ADN.


Quando ocorrem alterações no ADN, modificando a sua estrutura, os mecanismos de controlo das actividades celulares podem ser afectados, perdendo a célula a capacidade de se auto-controlar. Em regra, são necessárias várias destas alterações em zonas vitais do ADN para que uma células inicialmente normal sofra transformação neoplásica e possa dar origem a um Cancro. Em muitas circunstâncias, a aquisição destas alterações numa células implica um período de tempo mais ou menos longo e uma exposição continuada a agentes com capacidade de causar dano no ADN, o que, em parte, explica a frequência crescente de casos de Cancro à medida que envelhecemos.

 

 

Factores de risco


As alterações do ADN propiciadoras do Cancro podem dever-se a múltiplas causas:

» Exposição a agentes ambientais (fumo do tabaco, radiação solar excessiva).
» Dieta inadequada (pobre em fibras vegetais e frutos frescos e rica em gorduras e álcool).
» Infecção persistente por alguns agentes biológicos (bactérias e vírus).
» Herança de alterações genéticas, originando uma predisposição hereditária para cancro (alguns cancros da mama e do cólon).